O IMPACTO DA PANDEMIDA COVID-19

O impacto.

A Regia Aparecida de Brasília começou o ano de 2020 cheia de Planos. Nós estávamos dispostos a realizar tudo que tínhamos planejado em 2019, para este ano. Logo, em 08/02/2020, tivemos o  “Dia de Formação” para os Praesidia diretamente filiados: um sucesso; em 08/03/2020 foi o Dia de Formação para os Conselhos de Goiânia, outro grande dia e, parou por aí…. Dia 15/03/2020, A Santa Missa de Aniversário da Legião de Maria foi cancelada; dia 21/03, também cancelada a Reunião da Regia; dia 29/03 foi a vez da Festa de Acies ser cancelada; por sua vez, as reuniões semanais dos Praesidia e mensais dos Conselhos já estavam canceladas.  A Romaria anual e o ENAJUL, planejados com tanto entusiasmo e dedicação, não serão mais realizados no ano de 2020. De repente, pela primeira vez em sua história, quando se prepara para celebrar os seus 100 anos no mundo, a Legião de Maria se viu obrigada a se recolher. Os soldados não se retiraram do campo de batalha por covardia ou porque tivessem perdido o sentido da luta, mas como toda a sociedade e a própria Igreja, foi atacada por um inimigo invisível, mortal, chamado COVID-19, proveniente do coronavirus que, tem esse nome simplesmente porque é um vírus que tem a forma de uma coroa.

O papel da Legião de Maria na pandemia da COVID-19.

Nós, legionários da Regia Aparecida de Brasília, Oficiais ou não, sofremos a frustação de não podermos nos reunir e de realizarmos os trabalhos legionários que, simplesmente chamamos de trabalho de apostolado. Mas com nossa Fé inabalável em Deus e confiantes em Maria, nossa digníssima e Poderosa Comandante, devemos seguir “calmos e resolutos, no meio das cruzes, trabalhos e decepções da vida”. Nosso papel nesta pandemia é sermos obedientes às orientações da Igreja, dos nossos Bispos e Diretores Espirituais, e às orientações das autoridades públicas de saúde, em suas respectivas áreas, nos protegendo e protegendo nosso irmão do contágio desse inimigo mortal, chamado COVID-19, acatando a orientação do isolamento social.

Nossa arma contra esse inimigo é uma vida de oração a Deus, pela intercessão de Nossa Senhora, de Frank Duff, de Edel Quinn e de Alfie Lambe, para que todos os soldados, homens e mulheres, sejam protegidos desse inimigo e possam voltar ao campo de batalha, o quanto antes.

Nosso fundador Frank Duff, que prometeu não descansar no céu, trabalhando por nós, disse em certa ocasião, numa entrevista que, “a Legião de Maria está nas Mãos da Virgem Maria, nossa Rainha e Mãe”.

Confiança, caríssimos (as)! A Legião não será vencida! É com essa confiança que a Regia Aparecida de Brasília, por meio dos seus Oficiais, orienta a todos os Conselhos e Praesidia a aguardarem, em obediência e com responsabilidade, o retorno das atividades legionárias, conforme a situação e orientação em suas respectivas áreas.

Joel Almeida dos Santos

Presidente – Regia Aparecida de Brasília